Sola Scriptura ou a práxis do privilégio?

Para Lutero, o reformador alemão, o sentido da expressão latina “Sola Scriptura” era literal, ou seja, somente a Escritura – e não a Escritura somada à tradição da Igreja – é a fonte de revelação cristã. Sua defesa era pela centralidade da palavra de Deus. Lutero não reconhecia nenhuma outra

Continue reading