Ainda não há comentários

Família cristã do México é ameaçada de expulsão

Uriel Hernández é um jovem cristão da comunidade de Coamontax, no município de Huazalingo, no estado de Hidalgo, no México. Ele mora com a esposa e o pai, de 60 anos. O pai de Uriel, também cristão protestante, desobedeceu às ordens dos líderes tribais de limpar a igreja católica e pagar as taxas recolhidas para os festivais religiosos. Por causa disso, foi preso juntamente com outros cristãos da comunidade. Depois ele foi libertado e enviado novamente à prisão pelo mesmo motivo.

Uriel diz: “Eu posso continuar lutando, mas meu pai é de idade e está cansado. O confronto com as pessoas da nossa cidade começou em novembro de 2018. Os moradores da comunidade tiraram sarro do meu pai e o forçaram a entrar na igreja católica para limpar. Nós os denunciamos ao Escritório de Direitos Humanos e desde então não paramos de denunciar suas ações contra nós”.

Casa cercada com arame farpado

Ele disse à Portas Abertas que o que mais deixou os líderes comunitários enfurecidos foi o fato de Uriel tê-los denunciado formalmente por suas ações contra a minoria cristã evangélica. Como é de costume, os líderes (geralmente há de 2 a 3 em cada comunidade) não vão sozinhos a essas audiências, mas acompanhados de um grupo de moradores para intimidar os cristãos. Na audiência específica do caso do pai de Uriel, eles levaram 30 pessoas.

Mas o pior momento desses cinco meses de conflito com os líderes aconteceu no começo de fevereiro. Um grupo de pessoas armadas com pedaços de pau foram à casa de Uriel para instalar arame farpado ao redor da casa. Quando terminaram, eles alertaram: “Paguem as taxas em dez dias ou deixem a cidade”. Desde então, Uriel já entrou em contato com o governo local e regional, mas ainda não recebeu nenhuma ajuda. Há um vácuo oficial que deixa as minorias cristãs impotentes diante do abuso dos moradores de suas próprias comunidades, no estado de Hidalgo.

A Portas Abertas no México já começou a planejar uma estratégia para apoiar essa família, avaliando várias opções para a defesa jurídica. Ore por essa família e por todos os cristãos perseguidos do México, pressionados a negar a fé no Deus vivo e verdadeiro. Suas orações os ajudarão a serem fortalecidos e sustentados pelo Senhor.

 

Fonte : Cpad News

Leia também

Publicar um comentário

Você precisa estar ligado em para comentar.